Sperazzo, Poetando em Fragmentos

Lego a você os fragmentos dos meus sentimentos...

Textos


MAS... QUE SAUDADE É ESTA, MÃE!
Sandra LC Perazzo

  
Meu Deus, como expressar esta saudade,
que invade a nossa alma todos os dias de nossas vidas?
Saudade que chega de mansinho e fala só de você, Mãe!
Como é difícil deixar de ser filha...
Como é sofrido não contar mais com a sua força, com o seu apoio,
com o seu amor plenamente incondicional...
Saudades dos domingos de macarronada acompanhada de pizza,
Saudades dos sábados de tutu de feijão e costelinha,
Saudades de todos os dias...
Saudades das suas mãos, dos seus braços, do seu carinho...
As lembranças me levam para um tempo que era só de alegria,
daqueles dias que era só folia, com os seus oito filhos
e você se impunha com maestria.
Nossa... quantas saudades da nossa turminha...
Eram tantas brincadeiras, carrinho de rolimã com oito lugares,
carona nos carros de bois, corridas em muros, subidas em árvores,
tudo que deixava você sempre atenta.
Quantas reclamações nós causávamos,
quando roubávamos as frutas da casa da vovó,
Eita vó difícil esta... rsrsrsssssss...  (risos)
Quanto você sofreu com ela, mas com o seu respeito e tolerância
ensinou-a a amá-la.
Suas conquistas sempre nos trouxeram orgulho e aprendizado.
Hoje, adultos e órfãos e sem uma das irmãs,
que se uniu a você, aqui estamos nós
tocando nossas vidas, talvez sem a sua sabedoria,
mas repletos do seu amor e dos seus ensinamentos.
E assim vamos, como mães e pais, formando os nossos escudos
para que a saudade não mate a gente antes do tempo,
porque sabemos que no dia certo nos encontraremos.
Mas... que saudade é esta, Mãe!

 

 
Créditos:
Tutorial Sueli Bá
Tube Mulher Luz Cristina
Tube Flor  Denise Worisch
Arte, Formatação e  Texto Sandra LC Perazzo
Sperazzo
Enviado por Sperazzo em 06/05/2014
Alterado em 06/05/2014

Música: face of love - Ernesto Cortazar

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras