Sperazzo, Poetando em Fragmentos

Lego a você os fragmentos dos meus sentimentos...

Textos


DEIXA ASSIM, AMOR..
 
 
Deixa assim,
Deixa assim, amor...
Deixa assim como está,
Não diga nada, não faça nada,
Não dá mais para esperar,
Apenas venha me amar;
 
Beija os meus olhos, escuta o que imploram,
Enxerga os sonhos que me restam,
Penetra em meus sentidos,
Perceba o que me fere,
Pousa em meu corpo,
É hora de viver;
 
Sobra-me o amor,
Sou pronta entrega,
Toque em meus mistérios,
Seja indescifrável,
Veja se me intriga,
Deixa o resto para depois;
 
Cega os meus pensamentos,
Acenda os meus desejos,
Deixa o tudo mais pendente,
Cala esta minha boca ardente;
 
Deixa assim amor, vem ser dois, 
Não dá para reter, é inadiável,
Deixa o resto para depois...
 
 
Sandra Lúcia Ceccon Perazzo
(Sperazzo 25/09/2010)


Sperazzo
Enviado por Sperazzo em 30/10/2010


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras